Arquivos | Floricultura Feed RSS para esta seção

Espaço Empreendedor

11 set

O SEBRAE/RN está com a página na internet: http://espacoempreendedor.rn.sebrae.com.br  com novidades e informações de tudo que irá acontecer no Espaço Empreendedor, durante a 50ª Festa do Boi 2012 que será de 11 a 20 de outubro no Parque Aristófanes Fernandes em Parnamirim/RN.

 Acessem e compartilhem com clientes e amigos.

Por: Carmen Lúcia/ coordenadora Nacional das Carteiras de Projetos de Floricultura e Café do SEBRAE.

Floricultura

29 mar

  

Dentro do Programa Copa 2014, do SEBRAE/RN, uma das ações foi realizada nos dias 26 e 27 de março, com os grupos focais (produtores, floristas, viveristas, paisagistas, arquitetos e decoradores), onde os resultados dessas reuniões contribuirá para a elaboração do  Plano de Marketing para o setor de floricultura, o qual deverá ser concluído no mês de maio/2012. Algumas expectativas dos produtores foram levantadas com a pesquisa realizada durante os encontros: poderá haver aumento de consumo de flores desde que haja uma campanha de marketing(63,64%); o governo seja sensibilizado(22,73%); e que aumente a oferta local (13,63%). poderá haver aumento  de consumo em Flores e plantas locais: nativas e tropicais(54,55%); Flores e Folhagens verde/amarelas(22,73%; Outras Flores e Plantas em geral(13,64%); Flores e folhagens de proteção(6,82%) e Flores e plantas orgânicas(2,25%) e outro ponto importante percebido na pesquisa é que haverá aumento de consumo nos hotéis, eventos e restaurantes(40,91%); no paisagismo(31,87%) e no varejo(27,27%).

Por: Carmen Lúcia/ Coordenadora Nacional da Carteira de Projetos de floricultura do SEBRAE.

Flores Ornamentais e Plantas Medicinais

14 mar

Foi realizada  no dia 6 de março de 2012, no Sebrae/RN, a  reunião do Comitê Gestor dos Projetos Flores Ornamentais e Plantas Medicinais e Sebrae 2014 – Agronegócio, com a participação de 24 empresariais do segmento (produtores e floriculturas). Das ações trabalhadas, as que merecem destaque são as seguintes: A divulgação da flores tropicais junto aos supermercados, shopping, lojas de móveis e de decoração do Estado e a divulgação das variedades das flores tropicais em revista técnica.    

Por: Carmen Lúcia/ Coordenadora Nacional da Carteira de Projetos de Flores Ornamentais e Plantas Medicinais

Foto: Maria Emília C. Duarte Pereira, Gestora do Projeto de Flores do Sebrae/ RN

Lançamentos, negócios e satisfação marcaram a 20ª edição do Enflor

18 jul

 

Produtores e logistas em frente ao stand do Sebrae no Enflor.

Com a proposta de fomentar ainda mais o mercado de flores, paisagismo e decoração, empresários, profissionais ligados ao setor e visitantes, estiveram em Holambra, no interior de São Paulo, para conferir a 20ª edição do Encontro Nacional de Floristas (Enflor) e a 8ª Garden Fair, que aconteceram entre 09 e 12 de julho, no Pavilhão da Expoflora.

Lançamentos

Nesta edição, entre os lançamentos estavam a Blue Mystique (orquídea azul), produzida a partir da infusão de uma tinta específica no caule da orquídea phalaenópsis branca, e as rosas tinturadas, rosas brancas coloridas artificialmente, que ao final do processo apresentam oito cores diferentes (azul, verde, amarela, rosa, salmão) e as bicolores (azul e amarela, salmão e rosa e salmão e amarela), a Gynura Sarmentosa (veludo roxo), uma planta para ambientes externos de coloração forte, que quando cresce fica pendente no vaso e uma seleção especial de plantas verdes para interiores com alta capacidade de purificação do ar. Outra novidade são os painéis verticais que permitem cultivar hortas em pequenos espaços.A feira também reúne as mais recentes tendências em cores e formas nas áreas de floricultura, decoração e paisagismo, incluindo cachepôs, embalagens, móveis para jardins, pisos, pedras e seixos ornamentais, piscinas, vasos, luminárias, ferramentas, acessórios de arte floral em geral, gramas, mudas, sementes e forrações, jardineiras, mangueiras, sistemas de irrigação, defensivos, adubos e miniestufas.

 
Para a empresária Hiegleide Montenegro, o Enflor representa um momento único para o seguimento, segundo ela além de aprender, os comerciantes tem a chance de expandir seus negócios por intermédio das parcerias que surgem durante o evento. “ Sem dúvidas participar deste encontro é muito importante, estamos rodeados de oportunidades e de conhecimento. Estou mais uma vez muito satisfeita”, acrescentou.

Já Maria Emília Pereira, uma das integrantes da equipe do Sebrae/RN presentes no evento, acredita que o grande trunfo da Enflor é a transmissão de conhecimento técnico para os participantes. Segundo ela, o contato entre os participantes gera troca de experiências e garante o crescimento do mercado. “ Uma oportunidade sem igual”, finalizou.  

 Mercado

O mercado brasileiro de flores e plantas espera crescimento de 12% este ano em relação a 2010, quando registrou faturamento de US$ 3,8 bilhões (R$ 6 bilhões). Pelo menos 50% desse total correspondem ao paisagismo e à jardinagem, aquecidos pela área de construção civil, e também do planejamento de cidades que serão sedes da Copa do Mundo em 2014. 

Brasil vai sediar pela primeira vez conferência internacional de biotecnologia florestal

2 mar

Brasília, 01 de março de 2011 – Pela primeira vez o Brasil e a América Latina serão sede da conferência internacional IUFRO Tree Biotechnology 2011, o evento mais importante do mundo na área de biotecnologia florestal, promovido há mais de 20 anos pela União Internacional de Organizações de Pesquisa Florestal (IUFRO, sigla em inglês). A Embrapa – Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária e a Veracel Celulose S.A. serão as instituições hospedeiras da conferência, que acontece no período de 26 de junho a 2 de julho, no Centro de convenções do Ecoresort Arraial d`Ajuda, em Arraial d´Ajuda, distrito de Porto Seguro, BA.
A IUFRO é uma rede global não governamental e sem fins lucrativos que reúne cientistas florestais de vários países para promover cooperação técnica e ampliar o conhecimento sobre aspectos econômicos, sociais e ecológicos relacionados a florestas e árvores. Este ano, a conferência terá como tema ”De genomas à integração e geração de resultados” e deverá contar com a participação de cerca de 500 pessoas, sendo 300 brasileiros e 200 de outros países.

Mais informações sobre a conferência internacional IUFRO Tree Biotechnology 201, incluindo inscrições, prazos para apresentação de trabalhos etc. podem ser obtidas no endereço: http://www.treebiotech2011.com/. É importante lembrar que toda a programação do evento será realizada no idioma inglês.

Orquídeas do RN ganha espaço no mercado de flores do nordeste

7 fev

 Por – AB

O Rio Grande do Norte vem se destacando na produção de orquídeas, atualmente o estado possui duas associações de produtores. Organizados, eles aproveitam a criatividade e aumentam seus lucros.

Dono do orquidário, Edison Motta é um dos pioneiros no estado a explorar o nicho e fornece arranjos para as maiores redes de floricultura de Natal e casas de recepção. Ele importa espécies hibridas de vandas da Tailândia e as cultiva em Parnamirim, onde produz 150 hastes. Distribui 80% delas para a região da Grande Natal e o restante, para fora do estado. “Meu foco ainda é o mercado local, mas quero direcionar a produção a outros estados, como Ceará, Paraíba e Pernambuco”, diz. Os preços dos buquês de noivas variam entre R$ 100 e R$ 400. Segundo ele, ainda persiste a ideia de que orquídeas são caras. “Pretendo desmistificar isso, pois as orquídeas são tão competitivas quanto as flores mais simples que vêm de São Paulo”.

Confira a entrevista abaixo:

Quais as espécies de orquídeas mais procuradas?

As flores mais procuradas são as de orquídea Vanda pois são hastes grandes e robustas com cores diferentes das habituais orquídeas conhecidas no Brasil.

Qual a variação de preços dos buques de noiva?

Os preços dos buquês de noiva, cuja criação vem do nosso estabelecimento, variam de R$ 200,00 até R$ 1.000,00, dependendo do número de flores utilizadas.

O que poderia ser feito para desmentir a idéia de que orquídeas são caras?

Na realidade as flores de orquídeas são caras, pois geralmente não se consegue mais de 01 ou 02 florações anuais, não é nosso caso, que temos até seis florações anuais dependendo do gênero. As flores comercializadas pelo nosso estabelecimento são produzidas a partir de exemplares de orquídeas que custam entre R$ 200,00 e R$ 1.300,00 por serem orquídeas premiadas e de qualidade excepcional.

Quem são seus clientes?

Os nossos clientes são pessoas que querem um diferencial ou um toque especial único, no momento mais importante de sua vida. Temos clientes em todas as classes sociais, mas a classe com maior poder aquisitivo se sobressai com o consumo maior de arranjos com grande frequência.

Pretende exportar seus produtos no futuro?

Num futuro próximo pretendemos exportar sim para Europa e EUA. Mas isso é para daqui a algum tempo, pois o mercado do Brasil
ainda tem um potencial enorme nessa área.

Qual o segredo do cultivo da orquídea?

Resposta 06: Para cultivar orquídeas é necessário uma gama de conhecimentos sobre nutrição de plantas, conhecimentos de engenharia civil aplicados na construção do viveiro e das técnicas de pulverização e tratamento de doenças nas plantas, conhecimentos das pragas regionais, e acima de tudo ter muita paciência (o que muitas pessoas não tem) e principalmente sol, muito sol.

Qual a importância do Sebrae em seu negócio?

O SEBRAE desempenhou um trabalho muito bom na divulgação do meu negócio, pois foi através dele que muitas pessoas tomaram conhecimento das atividades de produção de flores aqui na região Nordeste. Foram promovidas feiras e exposições com todos os produtores de flores da e isso acabou alavancando o mercado local.

Folha de Rondônia destaca mercado de flores no estado

29 nov

 

Clique na imagem para ampliar. Colaborou Maria Maurício.

Diversidade e preços atrativos marcam feira de flores da Ceagesp

23 set

Considerada a maior do país e uma das maiores do mundo no gênero, a Feira de Flores da Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp) está ainda mais colorida com a chegada da Primavera. Durante a estação, 70% dos tipos de flores comercializados são mais propícios nesse período. “Neste ano, a falta de geadas contribuiu para o aumento da produção”, informa o economista da central de abastecimento, Flávio Godas. Ele explica que o clima favorável deve propiciar mais variedades a preços atrativos.

Gérbera, orquídea, rosa, boca-de-leão, copo-de-leite, estrelícia, violeta, lírio, dália e girassol são ótimas opções para a Primavera. As rosas nacionais podem ser encontradas a partir de R$ 5, o maço com 30 unidades, enquanto 20 unidades das rosas colombianas saem a partir de R$ 25. Outras sugestões de flores de corte são o lírio, de R$ 15 a R$20 o maço, o cravo por R$ 15 e o crisântemo por R$ 10.

Para quem procura flores de vaso, as dicas são as orquídeas, nas variedades dendrobium, a partir de R$ 10, e phalaenopsis, a partir de R$ 17. Azaleia, caixa com seis vasos nº 13, pode ser encontrada a R$ 25; já a caixa com 12 vasos nº 9 sai por R$ 20, enquanto as mudas para jardim estão a partir de R$ 15, a caixa com 15.

A feira é montada em uma área com mais de 20 mil metros quadrados, onde são comercializadas plantas, flores, grama, mudas, vasos, acessórios e artesanato, no atacado e no varejo. Os produtos têm origem no estado de São Paulo, cultivados nas cidades de Holambra, Mogi das Cruzes, Cotia,Bragança, entre outros municípios. Pela companhia que, praticamente distribui flores para todo o Brasil e outros países, passam cerca de quatro mil toneladas de flores de corte e de vaso, que geram receita mensal de R$ 20 milhões.

A Feira de Flores também é realizada nas unidades da Ceagesp em Araçatuba, Bauru, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, São José dos Campos, São José do Rio Preto e Sorocaba.

Produção e comercialização de sementes e mudas estão em consulta pública

20 abr

Por Maria Maurício

Sebrae Nacional

O site do Ministério da Agricultura publicou nesta segunda-feira (19/04) uma matéria falando sobre a nova Consulta Pública das Normas de Oliricolas. Acompanhe a matéria abaixo. 

Sementes e mudas: produção e comercialização estão em consulta pública por mais 30 dias

As normas para produção e comercialização de sementes e mudas olerícolas (plantas usadas na alimentação), condimentares, medicinais, aromáticas, flores e ornamentais estão em consulta pública, por mais 30 dias, a partir desta segunda-feira (19). A medida foi publicada no Diário Oficial da União (DOU), por meio da Portaria N° 200. O texto já esteve em consulta pública durante 30 dias, entre janeiro e fevereiro de 2010.

De acordo com o coordenador de Sementes e Mudas da Secretaria de Defesa Agropecuária, José Neumar, as normas terão validade em todo o território nacional. “Além das exigências publicadas nesse projeto de instrução normativa, os produtores deverão respeitar os requisitos fitossanitários estabelecidos por legislação específica”, enfatiza. 

Pela proposta, as pessoas físicas e jurídicas que exercerem atividades nessas áreas deverão fazer a inscrição ou o credenciamento no Registro Nacional de Sementes e Mudas (Renasem). Nos casos de produção, comercialização e beneficiamento, a espécie deverá estar inscrita no Registro Nacional de Cultivares (RNC). 

As sugestões devem ser enviadas para a Coordenação de Sementes e Mudas, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Esplanada dos Ministérios, Bloco D, Anexo A, sala 340, CEP: 70.043-900 ou para o endereço eletrônico csm@agricultura.gov.br. Ao término desta consulta pública, os resultados dos dois períodos de análises serão apresentados simultaneamente. (Kelly Beltrão)

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.